“Switched at Birth” migra para o Canal Sony

Por , 17 de novembro de 2012 @ 13:20      
 

A emissora caçula do grupo Sony está prestes a ficar desfalcada. Conhecido por exibir séries antigas, clássicas, além de temporadas atuais, o Sony Spin perde para o Canal Sony o drama "Switched at Birth".

Switched at Birth

Renovada para sua segunda temporada, a série narra a história de duas famílias que se encontram quando descobrem que suas filhas foram trocadas na maternidade. Katie Leclerc interpreta Daphne Vasquez, uma adolescente surda que passou 16 anos vivendo com uma mãe que não era a biológica. O mesmo aconteceu com Bay Kennish (Vanessa Marano), que descobriu que seus pais não são, na verdade, aqueles que a trouxeram ao mundo. A troca é descoberta e a partir daí, a família Vasquez e a família Kennish decidem se unir para que possam se conhecer melhor.

Dois mundos distintos se cruzam. Bay é rica, sempre teve tudo que um pai atleta pode lhe proporcionar. Daphne, por outro lado, sempre viveu na periferia, com a mãe cabeleireira e a avó. E se não bastasse, Daphne ficou surda aos três anos de idade, após ter sido infectada pelo vírus da meningite. O pai a abandonou e a mãe — uma ex-alcoólatra — precisou se virar para criar uma filha maravilhosa. Bay, a artista, nunca se sentiu "parte da família" e encontra muitas respostas quando passa a conviver com a mãe biológica, Regina (Constance Marie).

A mudança de canal passar a acontecer a partir de domingo, 18 de novembro. O seriado está programado para ir ao ar a partir das 11h, no Canal Sony, com a reexibição da 1ª temporada. Ainda não existem informações de quando os novos episódios chegarão ao Brasil.

Assunto(s): Programação
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!