ABC resgata “American Idol”

Por , 09 de maio de 2017 @ 23:02      
 

Uma reviravolta na vida de "American Idol". O reality show da FOX, cancelado em sua 15ª temporada, acaba de ser resgatado pela ABC, que produzirá novos episódios e promete revelar o mais novo talento da música.

"'American Idol' é um ícone do entretenimento e agora vai ser transmitido onde pertence, na grade de programação da ABC, junto com 'Dancing With The Stars' e 'The Bachelor'. América, se prepare para o retorno de um maior, mais ousado e melhor do que nunca 'Idol'", disse Ben Sherwood, presidente Disney/ABC, em um anúncio.

Embora haja a expectativa de um novo painel de jurados, um rosto familiar é esperado: Ryan Seacrest, o apresentador da atração durante as 15 temporadas em que permaneceu no ar. Seacrest recentemente integrou o grupo de apresentadores do talk-show "Live With Regis and Kathie Lee" e, portanto, ainda não se sabe se aceitará o convite para retornar a "Idol".

No Brasil, "American Idol" fez parte da grade de programação do Canal Sony, que exibiu o programa da 1ª à 12ª temporada e, depois, após desistir do reality por duas temporadas, transmitiu a temporada final.

Assunto(s): Reality Show, Renovações
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 
APROVEITE PARA LER:  

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!