"Teletubbies": é hora de dizer tchau definitivamente

Por , 08 de novembro de 2009 @ 13:06      

TeletubbiesA BBC decidiu cancelar "Teletubbies" definitivamente. Após a extinção do programa de TV, em 2001, chegou a hora de encerrar a revista protagonizada por Tinky Winky (roxo), Dipsy (verde), Laa-Laa (amarelo) e Po (vermelho). As vendas caíram na Inglaterra.

"Teletubbies" estreou em 1997. Criado para bebês e crianças em fase pré-escolar, o programa foi sucesso de público e crítica em diversos países. No Brasil, foi exibido pela Cultura e pela Globo.

A atração também gerou polêmica. Em 1999, Tinky Winky foi apontado como símbolo gay pelo pastor fundamentalista Jerry Falwell, conhecido na TV norte-americana. Além de ser roxo, o personagem carregava uma bolsa mágica rosa e possuía um triângulo invertido na cabeça, que segundo os conservadores fazia referência a uma vagina. Na Polônia, a Defensoria do Menor determinou uma absurda investigação sobre a homossexualidade do teletubbie roxo.

As formas pouco ortodoxas dos personagens e cenários, o uso de cores vivas e a repetição de diálogos gestuais atraíram não só as crianças, mas também muitos jovens que alegavam que a atração era psicodélica, outra controvérsia em torno dos "Teletubbies".

Mesmo sob ataques, o programa infantil durou mais dois anos. Em 2001 foi cancelado, após 365 episódios.

Com o fim da publicação da revista, não resta mais nada a dizer a não ser “é hora de dizer tchau!”.

Reproduzido do blog Poltrona.

Assunto(s): Cancelamentos
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era “Power Rangers”. Viciado sempre em “Friends” e “Seinfeld“. Hoje é fã fiel de “Orphan Black“, “Scorpion“, “Scandal“, “The Big Bang Theory“, “How To Get Away With Murder“, “RuPaul’s Drag Race” e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!