Atrizes da série "Skins" dizem que ajudaram meninas a saírem do armário

Por , 05 de setembro de 2009 @ 12:24      
 

Lily Loveless e Kathryn Prescott em SkinsA ficção entrando na vida das pessoas. Duas atrizes da série inglesa “Skins” afirmaram que sua relação lésbica no seriado ajudaram muitas adolescentes a saírem do armário.

Em entrevista para o site E4, Lily Loveless (que interpreta Naomi) e Kathryn Prescott (intérprete de Emily) disseram que o programa é um dos poucos que mostra jovens lésbicas. Prescott, de apenas 18 anos, disse que “há meninos que saem do armário, e isso é muito prevalecente. Mas não para as meninas”.

A atriz disse, ainda, que a maioria das relações lésbicas que vê na TV parecem ter sido escritas por homens que fantasiam esse tipo de relação.

Já Loveless, de 19 anos, disse: “Pessoas me dizem que [nossa relação na série] é muito realista. Outras chegam a mim em boates e dizem ‘Você me fez sair do armário’. É muito legal, porque você vive numa bolha quando está filmando e você esquece que isso extrapola a TV”.

Este ano, a série recebeu indicação para um prêmio da GLAAD (Gay and Lesbian Alliance Against Defamation), que fiscaliza a abordagem LGBT na mídia americana.

No Brasil, a série é exibida pelo canal HBO Plus com o nome “Juventude à Flor da Pele” e está em sua 3ª temporada.

Assunto(s): Celebridades, LGBT
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!