Cheyenne Jackson interpretará um pai homossexual em “Ugly Betty”

Por , 10 de Fevereiro de 2009 @ 15:15      

Cheyenne JacksonTabu na TV: o ator Cheyenne Jackson vai participar da série “Ugly Betty”, onde interpretará um pai homossexual. Jackson também participou de um episódio de “Lipstick Jungle”.

Casado há nove anos, Jackson nunca teve problemas em assumir sua homossexualidade e esta também não é a primeira vez que interpreta um personagem gay. No filme “Voo 93?, que remonta os últimos momentos de um dos aviões que atacou as torres gêmeas, em Nova York, o ator viveu um passageiro gay acusado de estar entre os que invadiram a cabine do piloto.

Nos Estados Unidos, o ator (que também é cantor) ficou famoso por participar de “Xanadu”, um dos musicais da Broadway. Jackson também é conhecido por defender os direitos dos LGBT e apoiar pesquisas sobre a AIDS.

“Ugly Betty” também é conhecida por abordar bem o universo LGBT, com personagens gays e até uma transexual (vivida por Rebecca Romijn). Em 2008, ganhou da GLAAD – Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação na Mídia o prêmio de melhor comédia.

O capítulo que aparecerá Cheyenne Jackson é o da 3ª temporada, que atualmente está sendo exibida nos Estados Unidos. No Brasil, o canal Sony exibe a 2ª temporada da série, às quintas-feiras, às 20h e o SBT exibe a 1ª temporada.

No entanto, há grandes chances de cancelamento da série. A rede ABC anunciou que irá tirar a série do ar a partir do dia 26 de março, com a exibição do 19º episódio do 3º ano, sem previsão para retorno.

Assunto(s): LGBT, Participações
Seriado(s) relacionado(s): ,

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era “Power Rangers”. Viciado sempre em “Friends” e “Seinfeld“. Hoje é fã fiel de “Orphan Black“, “Scorpion“, “Scandal“, “The Big Bang Theory“, “How To Get Away With Murder“, “RuPaul’s Drag Race” e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!