“State of Georgia” chega ao Sony Spin

Por , 05 de Março de 2012 @ 10:48      

State of GeorgiaAs séries da ABC Family têm destino certo no Brasil. Depois de "Switched at Birth", "Melissa & Joey" e "The Nine Lives of Chloe King", chegou a vez do Sony Spin estrear o seriado "State of Georgia".

A comédia vai ao ar a partir da terça-feira, dia 06 de março, às 21h30. O enredo narra a vida de Georgia, interpretada por Raven-Symoné, atriz que ficou conhecida como a neta de Bill Cosby na série "The Cosby Show", se tornou famosa entre os jovens ao estrelar a sitcom "As Visões de Raven" (That's So Raven).

Na série, Georgia é uma aspirante a atriz com um ego enorme que se muda para Nova York com sua melhor amiga Jo, vivida pela atriz Majandra Delfino. O ex-namorado de Georgia (Brock Cuchna), ainda perdidamente apaixonado por ela, vai para a Big Apple tentar levá-la de volta para casa.

No episódio piloto de "State of Georgia" mostrará quando Georgia é rejeitada por um diretor de elenco por causa de seu corpo. Então, ela se empenha a provar que é perfeita para o papel. Enquanto isso, Jo fica interessada no rapaz que a visita no trabalho.

"State of Georgia" chega ao Brasil já cancelada, com apenas 12 episódios produzidos.

Assunto(s): Programação
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era “Power Rangers”. Viciado sempre em “Friends” e “Seinfeld“. Hoje é fã fiel de “Orphan Black“, “Scorpion“, “Scandal“, “The Big Bang Theory“, “How To Get Away With Murder“, “RuPaul’s Drag Race” e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!