Série britânica “Monroe” faz sua estreia no Muu

Por , 06 de Fevereiro de 2014 @ 19:05      

Um médico arrogante e genial, às vezes cínico, sem medo de falar a verdade nua e crua aos seus pacientes. Não, não estamos falando de "House", mas da nova série do Muu, serviço on demand da Globosat.

Monroe

"Monroe" narra a história de Gabriel Monroe (James Nesbitt), sua vida profissional e a crise com a esposa, um dos sintomas de um relacionamento difícil com a família. No trabalho, Monroe vivencia muita tensão no convívio com os colegas. Absolutamente seguro de sua capacidade profissional, o neurocirurgião não se inibe a eventualmente quebrar as regras para fazer as coisas do seu jeito.

Escrita por Peter Bowker, o drama mostra o personagem de Nesbitt em sua rotina no hospital e no difícil convívio com a família. Em cada episódio, os complexos casos médicos não são tão importantes quanto a forma como os envolvidos (médicos, pacientes e familiares) reagem diante de uma situação que pode representar a vida ou a morte.

Brilhante e profissional, o neurocirurgião Monroe é encarregado dos casos mais complexos do hospital, mas sua arrogância e manias de grandeza fazem do convívio com os funcionários do hospital — especialmente a cardiologista Jenny Bremner (Sarah Parish) e o anestesista Lawrence Shepherd (Tom Riley) — uma tarefa nada fácil.

Confiante e extrovertido, o Dr. Monroe tem sempre uma piada ou um comentário sarcástico para quebrar o clima pesado do hospital. Apesar da sua arrogância, faz o seu melhor para tranquilizar e oferecer suporte tanto aos pacientes como às famílias. No entanto não é capaz de encontrar tempo para compartilhar essa sensibilidade com sua esposa e filho, levando seu casamento para um inevitável divórcio.

Enquanto lida com seus problemas familiares, Monroe mantém sob sua tutela dois aprendizes que precisam de constante supervisão. Seus assistentes são Kitty Wilson (Michelle Asante), jovem residente que costuma passar mal quando acompanha as cirurgias; e Daniel Springer (Luke Allen-Gale), cuja ambição precisa ser controlada por Monroe. Fecham o elenco Manjinder Virk, como a secretária Sally Fortune; Liz Hume-Dawson, como a enfermeira Wickens; Thomas Morrison, como Lee Bradley; e Caroline Stoltz, como Tatiana.

A série não está disponível em nenhuma emissora e só pode ser assistida no Muu, até 2016. Acesse o site para contemplar os doze episódios disponíveis.

Assunto(s): Programação
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era “Power Rangers”. Viciado sempre em “Friends” e “Seinfeld“. Hoje é fã fiel de “Orphan Black“, “Scorpion“, “Scandal“, “The Big Bang Theory“, “How To Get Away With Murder“, “RuPaul’s Drag Race” e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!