O que a BBC descobriu, "Weeds" já tinha mostrado há muito tempo  
Por , 15 de junho de 2008 @ 14:54            

WeedsA BBC publicou no dia 09 de junho uma matéria onde um repórter consegue comprar maconha medicinal, mesmo não tendo nenhum problema de saúde. Leia aqui. A informação foi publicada no blog Papo Série.

O médico, um vietnamita, diagnosticou o jornalista com ansiedade, depois de apenas medir a pressão dele. Como isso, ele ganhou uma receita para comprar a maconha em uma das lojas de Los Angeles que vendem legalmente o produto.

Quem acompanha “Weeds” já conhecia essa situação. Em um dos episódios, Doug Wilson (Kevin Nealon) descobre que existem as tais lojas que vendem maconha medicinal. E vai a um médico, que começa a perguntar que tipo de problemas ele tem. Como sempre diz que não tem nada, o doutor insiste: mas você não sofre de ansiedade, depressão, ou ataques de pânico? Até que a ficha finalmente cai e ele diz que sim, se sente muito ansioso. Com isso, ganha passe livre para comprar a erva.

E a visita à “farmácia” é hilária, com o dono apresentando os mais variados tipos de “remédios” que estão a disposição. Quem quiser conferir, é assistir ao terceiro episódio da primeira temporada, “Good Sh#t Lollipop”.

Assunto(s): Outros
Seriado(s) relacionado(s):

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

1 comentário em “O que a BBC descobriu, "Weeds" já tinha mostrado há muito tempo”

  1. Embora a primeira série que apresentou o tema, pelo que eu me lembre, foi ER no episódio da morte do Dr. Romano. O Morris conhece um paciente que usa maconha para aliviar seu glaucoma. O Morris rouba a erva do paciente e fuma escondido, porém é descoberto pelo Dr. Romano que manda que ele fique apenas no balcão até segunda ordem dele. e mesmo com o hospital pegando fogo ele permanece ali, chapado, esperando a ordem que não virá.

Deixe uma resposta

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.