“Jane by Design”: a primeira impressão é a que fica?

Por , 09 de janeiro de 2012 @ 1:24      
 

Jane by DesignNo mesmo dia da estreia de "Work it", tivemos a premiere de "Jane by Design", a nova aposta da ABC Family. O enredo, de cara, lembra "O Diabo Veste Prada", porém, no lugar da diva Meryl Streep, temos Andie MacDowell, que incorpora Gray Chandler Murray, a chefe megera.

Eu adoro séries da ABC Family (guilty por "Pretty Little Liars" e "Melissa & Joey"), então assistir ao piloto foi um prato cheio. As séries do canal são sempre recheadas de referências pop, cult e carregadas de clichês adolescentes. Jane Quimby (Erica Dasher) é uma teenager que foi abandonada pela mãe, o pai morreu e ela mora com o irmão mais velho, Ben (David Clayton Rogers, lembro dele apenas no piloto de "Cougar Town"), que precisa dar conta do sustento da casa, mas, não consegue encontrar um emprego. E é onde entra a astúcia de Jane: se candidatar a um estágio de moda, já que ela confecciona as próprias roupas e sonha em seguir carreira na área.

Jane chega para sua entrevista e de cara é contrada (nem quiseram entrevistar as outras candidatas). O detalhe é que a garota ocupou a vaga errada. O estágio, de repente, se tornou o cargo de assistente da temida Gray. O salário? Míseros 32 mil dólares, que logo em seguida é aumentado para 34 mil cupcakes. A partir daí, Jane precisa conciliar sua vida na High School com o emprego que antes pertencia à Andy Sachs (aka Anne Hathaway).

Ninguém da Donovan Decker sabe que a nova assistente é uma simples estudante do Ensino Médio. Aí entra todo o truque do enredo: Jane conseguirá esconder sua verdadeira identidade? Depois que seu melhor amigo Billy (Nicholas Roux) falsifica seus documentos e a torna adulta "na marra", Jane precisará lidar com o bullying que sofre na escola e com o bullying que passa a sofrer em seu novo emprego, afinal, India Jordain (India de Beaufort) não vai deixar a garota passar batido.

Por se tratar de um programa da ABC Family, as chances de chegar até os 13 episódios é grande. Quem sabe uma temporada completa, com 22 episódios, seja almejável? Ainda é cedo para dizer, mas garanto que se depender do figurino e da trilha sonora, "Jane by Design" tem lugar garantido na próxima temporada. Destaque para a música "Raise Your Glass", da fantástica P!nk. O mix da cena e da música foi perfeito.

Fazendo um flashback na minha memória, lembrei de onde conheço a Andie MacDowell. Ela contracenou com o Michael Keaton naquele filme de Sessão da Tarde, "Eu, Minha Mulher e Minhas Cópias" (lembro de ter locado esse filme quando ele foi lançado). Depois disso, não consigo pensar em mais nada com a presença dela.

Pensando mais a frente, consigo imaginar uma cena da Jane sofrendo por um boy magia ao som de "Someone Like You", da Adele. É o tipo de situação que "Jane by Design" está apta a proporcionar, afinal, a protagonista ainda está na escola, ela ainda precisa lidar com rapazes de maneiras mais dramáticas do que o normal.

Adicionei à minha watchlist, junto com mais outras mil séries. Dá uma olhadinha na promo, veja se ela não é fofa (se assistir ao episódio depois de assistir ao vídeo da promo, não repare na mudança de elenco e em alguns furos nítidos):

Assunto(s): Novos Pilotos, Opinião
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!