Globo prepara dois seriados para novembro

Por , 04 de setembro de 2012 @ 14:35      

Rede GloboProcurando investir em seriados nacionais, a Rede Globo lança dois novos projetos, os quais devem chegar à grade de programação da emissora em novembro, quando encerra a nova versão de "Gabriela".

"Como Aproveitar o Fim do Mundo" é escrita pelo casal Alexandre Machado e Fernanda Young. O enredo gira em torno da lendária profecia de 2012, o suposto ano em que mundo deve acabar. Contando com Alinne Moraes e Danton Mello como protagonistas, a história vai mostrar um casal tentando cumprir uma lista de mil e uma coisas a serem feitas antes do apocalipse, como por exemplo, comprar uma Ferrari em 40 vezes e pagar só a primeira prestação.

O outro seriado é "Suburbia". Com enfoque voltado para uma jovem negra, a história vai retratar sua fuga de um trabalho escravo em Minas Gerais, devendo encontrar uma nova vida no Rio de Janeiro. Com 8 episódios produzidos, a série vai apresentar novos talentos, como a atriz Erika Januza no papel de Ceição, a protagonista. A trilha sonora ficará por conta de Ed Motta.

Suburbia

As duas séries vão ocupar a grade das quintas, depois de "A Grande Família". Além delas, a emissora deve aproveitar o encerramento de "Gabriela" para exibir, ainda, as novas temporadas de "Louco por Elas", às terças; e "Casseta & Planeta Vai Fundo", às sextas-feiras.

Assunto(s): Séries brasileiras, TV aberta
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

COMENTÁRIOS VIA SITE:
  1. LINCOLN disse:

    Bom, é ate dificil comentar o referido assunto, mas vamos lá.
    A GLOBO, como sempre, nos apresenta um roteiro com um assunto sem nenhum interesse, a não ser para o seu publico que já está bitolado e “emburrecido” pelo seu sistema de novelas e demais programas inuteis. Quando se le que o mote da serie seria a profecia INCA e de outras culturas que coincidem em data para o final do mundo, esprava-se uma criação mais inteligente que mostrase  algo sobre essas culturas, com pesquisas que explicassem como se chegou a tal conclusão: lógico que tudo isso permeado em um ritimo de aventura e ação, para que a serie não ficasse chata. Mas não. Infelismente, queiram ou não, não temos cacife para tal tipo de produção e seremos obrigados a engolir nas tvs pagas a mesmas charopada que a tv aberta, sem excessão, no empurram guela abaixo. Não defendo a cultura alienigena, mas sem duvida nenhuma as series estrangeiras, em sua quase totalidade são superiores em qualidade produção e roteiros. Tem coisa ruin? TEM, tais como DOIS HOMENS E MEIO, EU A PATROA E AS CRIANÇAS, MALUCO NO PEDAÇO, etc., ms como eu disse, em sua grande maioria as series estrangeiras são melhores. Não que não tenhamos bons roteristas, atores, diretores, só que a imposição do mercado em busca de audiencia e o publico já limitado pela ditadura de quase 50 anos da GLOBO, não nos permitira partir para outras paragens. Bsta relembrar o que disse um dos perpetradores dessa monstruosidade que é a GLOBO, o Sr. BONI: “EU TENHO ORGULHO DE TER AJUDADO A CRIAR UM TELEVISÃO QUE DA AO BRASILEIRO O QUE ELE QUER VER”. Deveria ser: “UMA TELEVISÃO QUE DA AO BRASILEIRO O QUE ELE PRECISA VER PARA AUMENTAR A SUA CULTURA E CONHECIMENTO.” Bom, enfin…
    OBRIGADO,
    LINCOLN

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era “Power Rangers”. Viciado sempre em “Friends” e “Seinfeld“. Hoje é fã fiel de “Orphan Black“, “Scorpion“, “Scandal“, “The Big Bang Theory“, “How To Get Away With Murder“, “RuPaul’s Drag Race” e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!