Estrelas de "American Chopper" se espantam com o número de motos de SP  
Por , 05 de setembro de 2008 @ 7:49            

Paul Senior, Mikey e Paul JuniorPaul Senior, Paul Junior e Mikey, as três figuraças que protagonizam o reality show “American Chopper”, estão na capital paulista pela primeira vez para participar do São Paulo Moto Festival, evento que acontece de 05 a 07 de setembro e mistura música e motocicletas.

Nesta segunda vez no Brasil (a primeira foi em Brasília e eles até almoçaram com o presidente Lula), os designers de moto trouxeram algumas de suas criações para leiloar no festival, entre elas a Comanche, inspirada em um helicóptero do Exército dos Estados Unidos, e a Brasília, baseada na arquitetura da capital federal.

O trio, que pensa em expandir seus negócios com uma loja no Brasil, ficou boquiaberto com algo que para os paulistanos é rotineiro: a quantidade de motos na rua. “Demoramos uma hora e meia para vir do aeroporto até aqui e vimos muitas motos na rua. Ficamos espantados com essa quantidade enorme de motociclistas”, revela Paul Junior, filho de Paul Senior.

Brigas:
O sucesso de “American Chopper”, há seis anos no ar e exibido no Brasil pelo canal People+Arts, transformou a família em celebridade e tornou os arranca-rabos entre pai e filhos famosos no mundo todo. “Nós já brigávamos desde muito antes do programa, nada mudou. Brigávamos e continuamos brigando”, conta Paul Senior, um senhor de bigode e tatuagens que parece ter sido tirado de uma história do “Hell’s Angels”. Ao ser indagado se as discussões eram forçadas para dar emoção ao programa, Paul falou: “É óbvio que é verdade, não temos roteiro. Aquilo é o que somos”.

Com o sucesso, a vida dos aficcionados por motos se transformou. “Saímos de um porão inundado para uma oficina superequipada. É incrível”, diz Paul Jr. Hoje – ricos e famosos – eles afirmam que a essência é a mesma. “É tudo sobre paixão”, resume Paul Sr.

Outras Atrações:
Além do pessoal do “American Chopper”, o São Paulo Moto Festival vai receber o badalado designer Russell Mitchel, britânico radicado em Los Angeles, que já fez motos para George Clooney e Billie Joe, da banda Green Day. “Eu era só um cara que ganhava para viver em Los Angeles, mas agora está aqui no Brasil com uma intérprete”, brinca Mitchel, sobre a fama cada vez maior entre os fãs de duas rodas.

Além das motos, o festival tem atrações musicais também. Entre os nomes internacionais estão Roger Hodgson, ex-vocalista do Supertramp, e Alan Parsons, músico e produtor que já trabalhou com os Beatles e o Pink Floyd e, hoje, tem um projeto solo, o “Alan Parsons Live Project”.

Os dois estão animadíssimos com o Brasil. Roger, que veio ao país pela última vez em 1998, diz adorar o povo. “Todo mundo aqui é um pouco maluco e apaixonado”, diz o inglês, autor de clássicos como “Breakfast in America”. Já Parsons ficou encantado com a Ponte Estaiada, recém-construída na Marginal Pinheiros. “Adorei esta ponte, mas me disseram que ela não leva nada a lugar nenhum”, brincou.

Assunto(s): Outros
Seriado(s) relacionado(s):

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

3 comentários em “Estrelas de "American Chopper" se espantam com o número de motos de SP”

  1. Você foi na coletiva? Que “inveja”… Estava credenciado, mas acordei muito mal, não deu para ir. Não acredito até agora! Eu adoro American Chopper.

  2. Ale,
    Eu não fui na coletiva, quem esteve lá foi minha irmã, que é mais aficcionada em moto do que eu! Segundo ela, o evento foi muito divertido, contou com muita gente entendida do assunto. O mais interessante foi mesmo o espanto dos protagonistas com o grande número de motocicletas em SP.

Deixe uma resposta

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.