Como a Showtime queimou o filme

Por , 27 de junho de 2009 @ 16:19      
 

DexterA Showtime é uma emissora que chega até as telas americanas através da TV a cabo. Dessa forma, todos os seus programas são para adultos, como pode-se perceber pelas séries "Queer as Folk", "The L Word", "Dexter", "The Tudors" e "Californication".

Contudo, a emissora, que faz parte da CBS, teve uma atitude, no mínimo, bizarra: não permite que os pôsteres de divulgação de suas séries sejam veiculados no Brasil. E, como se não fosse o suficiente, a empresa resolveu pegar no pé de blogueiros mortais, como foi o caso da Fabiana, do RockerSpace, uma das colaboradoras do portal M de Mulher, da Editora Abril.

Acompanhe o caso dela:

Propaganda grátis pra Showtime, nunca mais

Eu trabalhava tranquilamente na tarde da última segunda feira (22/06) quando o responsável pelo meu host (provedor de hospedagem) entrou em contato comigo via MSN avisando que era urgente. Bom, confesso que na hora pensei que haviam invadido o blog, que ele estava com algum problema operacional, que ele iria aumentar a mensalidade ou qualquer outra coisa, menos que ele tivesse recebido um email da CBS, detentora da Showtime, sobre um post de meu blog.

Basicamente o e-mail fala que eu tenho que remover o conteúdo do post em questão (sobre os pôsteres de lançamento da nova temporada de "Dexter") já que eu não possuo autorização da Showtime para exibir os mesmos e por isso estou cometendo um crime. Sim, você é tratada como criminosa por exibir imagens de divulgação.

Por sorte tal solicitação foi enviada primeiro ao host solicitando a remoção, pois se vai direto para o Google (sim, isso pode acontecer), não tem conversa, o site teria sido banido dos mecanismos de busca e minha conta do AdSense cancelada sem dó nem piedade. Você é um criminoso, ponto.

Eu nunca fui muito com a cara da Showtime, só pelo fato de até alguns anos atrás ela bloquear o acesso para visitantes de fora dos Estados Unidos ao seu portal. Quer saber notícia de alguma série produzida por eles? Se vire ou apele para um proxy da vida. Aliás, recentemente eles voltaram com essa mania besta. Tente embutir um vídeo dele no seu blog para ver o que acontece, fica bloqueado. Agora, o que ganha uma emissora bloqueando seu acesso para outros países? Estão começando a recusar divulgação de suas produções? Pra que divulgar os tais pôsteres e trailers de divulgação se eles não podem ser exibidos por terceiros? Que divulgação é essa?

Uma emissora não vive sem audiência. Sei também que não são as irrisórias visitas originadas aqui (perto do tráfego do site de grandes portais e sites de emissoras) que trarão milhares de dólares para a Showtime, mas também não vou deixá-los mais pobres por exibir um mero pôster de divulgação em um dos artigos em que fazia propaganda de graça pra eles.

Errada eu estaria se estivesse exibindo os episódios, oferecendo download de vídeos protegidos ou qualquer coisa do gênero.

Eu não vou deixar de assistir "Dexter", "Californication", "The Tudors" e outras produções que são exibidas pela emissora por conta disso, mas fazer propaganda de graça para a Showtime correndo o risco de ser tratada como criminosa novamente, nunca mais.

Aos amigos e parceiros de blogs que também abordam o mesmo assunto, cuidado. Melhor não correr o risco de perderem o trabalho de meses e anos. Aos leitores aqui do blog, desculpem esta mensagem longa, mas era necessário compartilhar com vocês o pensamento mesquinha de uma certa emissora de televisão.

Obrigada Showtime, por ter feito meu dia de trabalho ir por água abaixo e por ao invés de evoluir, caminhar a passos largos... pra trás.

Assunto(s): Escândalos
Seriado(s) relacionado(s): , , , ,

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

COMENTÁRIOS VIA SITE:
  1. […] Ale, ZéOffline e Pablo também escreveram sobre o assunto, é só clicar sobre os nomes para […]

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!