Ator de "Power Rangers" é condenado a morte

Por , 14 de abril de 2009 @ 10:06      

Polêmica: em 1994, o ator (na época, mirim) Skylar Deleon, fazia parte do elenco da série "Power Ranger". A série é uma adaptação das séries japonesas, da franquia dos Super Sentai, para o mercado americano.

Skylar Deleon

Provavelmente, a série é a mais bem sucedida de todos os tempos, principalmente nas primeiras temporadas. Mas um fato muito bizarro, aconteceu com Skylar Deleon, na última sexta-feira, dia 10 de abril: o ator foi condenado à pena de morte pela justiça da Califórnia.

Aos 29 anos, Skylar foi considerado culpado pelo assassinato do casal Thomas e Jackie Hawks. O crime aconteceu no Arizona, em 2004, quando Deleon os amarrou a uma âncora e os jogou no mar.

De acordo com a US Magazine, os promotores disseram que Skylar e sua esposa, Jennifer Henderson, que foi condenada à prisão perpétua, planejaram antecipadamente o crime, para roubar o iate e as economias do casal.

Assunto(s): Celebridades, Tokusatsus
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

COMENTÁRIOS VIA SITE:
  1. […] Fonte: Ator de “Power Rangers” é condenado a morte | seriados.tv.br […]

  2. […] elenco da série Power Ranger. A série é uma adaptação das séries japonesas, fique por dentro clique aqui. Fonte: […]

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!