"America's Next Top Model" – review 8×05

Por , 04 de julho de 2008 @ 0:23      

Felicia, ANTMVamos começar com a Renee. O que foi tudo aquilo? De repente, como num transe, num passe de mágicas, ela acorda e "hoje vou ser outra pessoa, não vou ser uma chata que só reclama". Começou bem, mas logo regrediu, fez aquele drama, pediu pro marido ir buscá-la na casa e ainda queimou o filme aparecendo fumando umas 180 vezes. Lembrando ainda que ela fez um desenho muito do sem sentido e entregou para Jael, numa tentativa estranha de se desculpar por ser uma bitch.

O desafio da semana foi com um instrutor de movimentos, as competidoras precisavam aprender a usar o corpo através de movimentos "vogue", uma mistura de pose com dança. De início eram escolhidas duas garotas e elas "lutavam" entre si para ver qual delas tinha a melhor pose. Depois que pegaram o jeito da coisa, elas foram até um prédio onde trocaram de roupa e, a partir dali, era cada uma por si, na tentativa de ganhar um bracelete de 40 mil doláres.

Renee contou sua história triste, tinha contas pra pagar (quem não tem?) e, assim, seria perfeito caso ela ganhasse o prêmio. Enrolações à parte, cada uma das concorrentes precisava de muita atenção, pois numa sala fechada, com feixes de laser, a garota da vez precisava usar aquilo que aprendeu nas aulas de "vogue" para atravessar através das luzes piscantes. Detalhe: elas tinham apenas dois minutos para posar enquanto atravessavam e, para dificultar, não era permitido encostar no laser, senão era preciso voltar e fazer tudo novamente.

No final das luzes haviam 10 chaves e cada uma das chaves representava uma aspirante. Uma daquelas chaves abriria o baú com o bracelete, prêmio da vencedora, que seria escolhida pelo instrutor "vogue". A primeira a ser desafiada foi Dionne. Com alguma dificuldade aqui ou ali, as garotas conseguiram atravessar. Whitney arrasou, fez poses maravilhosas, sempre mantendo contato visual com o instrutor, Benny Ninja. Jael parecia uma cobra desengonçada, enquanto a Natasha parecia convulsionar aos poucos. Felicia, por ser dançarina, arrasou. Por último, Renee (e sua dupla personalidade) não conseguiu atravessar no tempo estimado e não ganhou o direito de escolher uma chave. A vencedora, merecidamente, foi minha diva Whitney!

O tema da sessão de fotos da semana era "crimes e mortes". Cada modelo precisava posar de acordo com o que lhe era proposto. Cada concorrente era "morta" por outra modelo: Diana teve seus órgãos retirados por Whitney, enquanto Renee, que não achava Felicia parecida com a Tyra, foi envenenada pela colega magoada. De todas as fotos, apenas a da Felicia que não estava boa, não havia "vida" (mesmo que o tema tenha sido a morte), não havia emoção, sentimento, luz. Algumas conseguiram, de fato, transmitir uma realidade absurda, como a Brittany, Natasha e Diana. Whitney, como o juri mesmo disse, não parecia morta, parecia a caminho da morte, mas a foto lhe rendeu mais uma semana no reality.

Felicia foi eliminada, juntamente com sua foto morta, apagada. Renee, que até momentos antes queria desesperadamente ir para cara, foi a primeira anunciada por Tyra. Felicia dividiu o bottom 2 com Dionne, que foi chamada lá por se vestir mal, não pensar e/ou agir como modelo, pois segundo o juri, ela não estava vestida como alguém que está na 5ª semana do programa, mas como alguém que chegou para fazer o teste para entrar na casa.

Avaliação: ótimo! Jay Manuel foi muito bitch quando foi fofocar para todas as garotas como as fotos da Renee ficaram perfeitas. O tema da semana foi demais! Infelizmente Miss J. Alexander não tem participando do processo evolutivo das garotas. Tyra continua com a bandana na cabeça, ali tem alguma coisa, ela sempre varia no look, a tal da bandana não está ali como um simples acessório. As plus size finalmente estão mostrando para que vieram e, desta vez, realmente mereceram permanecer no programa. Destaque para Jael que, ao perder uma amiga fora da casa, acha que pode relaxar que Tyra e cia vão entender a situação dela. Desenvolve, né?!

Foto: Felicia, a eliminada da semana. Clique na imagem para aumentá-la.

Assunto(s): Reviews
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era “Power Rangers”. Viciado sempre em “Friends” e “Seinfeld“. Hoje é fã fiel de “Orphan Black“, “Scorpion“, “Scandal“, “The Big Bang Theory“, “How To Get Away With Murder“, “RuPaul’s Drag Race” e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!