5 séries e desenhos que você assistiu (mas que talvez não lembre)

Por Pablo Biglia, 24 de março de 2012 @ 19:27      

 

Nossa infância foi marcada por desenhos e programas da TV — matutinos e vespertinos. Naquela época, não tínhamos intenção de acompanhar um seriado, apenas assistíamos aquilo que passava na televisão, sem nenhuma pretensão. Muitas vezes, o desenho ou a série de nosso gosto tinha pouquíssimos episódios e, mesmo assim, parecia que nunca tinha fim.

Veremos agora cinco séries e desenhos que fizeram parte de nossa infância, mas que nossa memória não lembra com absoluta certeza. Se é algo nítido na sua lembrança, por favor, compartilhe conosco todas as informações e opiniões que tiver. Será divertido!

Super Mario Bros. Super Show!The Super Mario Bros. Super Show!
Mario e Luigi não são apenas heróis do vídeo-game. Salvar a Princesa Toadstool não era apenas nos jogos, mas acontecia também na TV. A lembrança acaba por ser um pouco remota, pois essa série/animação ficou no ar durante pouquíssimo tempo pela Rede Globo, em meados de 1992. O programa era transmitido nas manhãs do canal, fechando a sessão desenho que sempre fez parte do horário. Você lembra disso?

"Super Mario Bros. Super Show!" foi a primeira adaptação para a TV do famoso jogo da Nintendo (depois rolou até um filme). A série foi produzida nos Estados Unidos pela Nintendo, FOX, Saban e DIC Entertainment, em 1989. A adaptação dos personagens de Shigeru Miyamoto foi feita por Bill Reed e Steve Marston. A série é dividida em dois segmentos diferentes: com atores reais e em desenho animado. Nos EUA o segmento de desenhos animados foi dividido entre as aventuras dos irmãos Mário e a Lenda de Zelda. No total foram produzidos 65 episódios, 52 com parte animada de Mário, e os restantes 13 com a Lenda de Zelda. Veja um episódio:

Trouxe alguma lembrança?

Bob, o GênioBob, o Gênio (Hakushon Daimao)
As manhãs de 1995 da Globo eram preenchidas pela TV Colosso, que fez um enorme sucesso de 1993 até o início de 1997. Dentro do programa havia a exibição de vários desenhos e, entre eles, destaco o divertido "Bob, o Gênio" (também traduzido como "Um Gênio Maluco"). A produção é japonesa e o nome original é "Hakushon Daimaoh" (que também já recebeu o bizarro nome de "Gênio Atchim"), datado de 1969. A história é simples: o garoto Zeca (adaptação brasileira, pois o nome do garoto no original é Kan) encontra uma garrafa e, como ela estava muito empoeirada, ele acaba espirrando e descobre que essa é a maneira de libertar Bob, o gênio adormecido.

O cartoon contava ainda com a Geniazinha (batizada de Yahm Yahm e, também, de Liana), filha de Bob (outras vezes chamado de Atchim), que sempre aparecia quando alguém bocejava. A esposa de Bob também morava na lâmpada mágica e era libertada quando alguém soluçava. Apesar de parecer ingênuo, o desenho foi um grande sucesso e foi exibido no Brasil, primeiramente, no fim da década de 1970, pela Record. Também já esteve presente no SBT e, finalmente, quando foi relançado em 1992, surgiu nas manhãs da Rede Globo. Você lembra disso? Acompanhe um episódio completo:

A dublagem desse episódio traz a Geniazinha com o nome de Liana. Essa versão é do relançamento do desenho.

Os Seis Biôniocos (Bionic Six)
Os Seis BiônicosJack Bennett e sua família estavam em uma missão sigilosa nas geladas montanhas do Tibete. Jack era o Biônico 1, trabalhava e treinava sob a tutela do Professor Amadeus Sharp, o cientista que lhe concedeu poderes biônicos. Porém durante a missão, uma imensa avalanche soterrou sua esposa Helen e seus quatro filhos (Eric, Maggie, J.D. e Bunji), deixando-os em estado de coma terminal. Jack, mesmo com seus miraculosos poderes, não conseguiu evitar a tragédia. Amadeus deduziu que só existia uma maneira de salvar suas vidas: colocando neles os mesmos implantes biônicos que Jack possuía. Jack concordou e assim nasceram "Os Seis Biônicos". Agora eles têm superpoderes extraordinários desenvolvidos pela ciência moderna e uma nova missão: lutar contra o perverso irmão mais velho de Amadeus, Wilmer Sharp, que agora sob a alcunha de Dr. Escaravelho, aterroriza o mundo com seus planos diabólicos de dominação e seus cruéis comparsas.

O programa durou duas temporadas e finalizou com 65 episódios. Foi auge nas manhãs do SBT em meados de 1991, fazendo um enorme sucesso entre a garotada. Em alguns países, o desenho ficou conhecido como "A Família de Seis Milhões de Dólares", referência à série clássica "O Homem de Seis Milhões de Dólares", que tinha um enredo semelhante. "Os Seis Biônicos" voltou ao ar em 2000, no Band Kids, mas não fez tanto sucesso como antes. Veja a abertura da série:

Essa abertura é a versão em português.

As Patricinhas de Beverly Hills (Clueless)
Clueless"Clueless" narra as paixões e aventuras de Cher Horowitz, uma descolada (e complicada!) patricinha que adora ir ao shopping, fazer muitas compras e frequentar festas badaladas. Além dela, sua amiga Dionne Davenport e a exagerada Amber Mariens fazem parte do grupo das garotas populares do colégio. Seus problemas são baseados em tudo aquilo que o dinheiro não pode comprar. Os personagens são os mesmos do filme homônimo de 1995, exceto pela personagem de Cher, que originalmente foi interpretada por Alicia Silverstone, que não quis reprisar seu papel no seriado e foi substituída por Rachel Blanchard.

A série foi exibida pela Rede Globo no fim de 1996 e início de 1997, porém, o canal não exibiu todos os episódios, ficando estagnados apenas com a primeira temporada. O Nickelodeon também já transmitiu o programa. Atualmente a série é exibida pelo canal pago Sony Spin, diariamente, às 11h30 e às 17h30. Contando com 4 temporadas e 62 episódios, "Clueless" foi exibida nos Estados Unidos pela ABC, porém, a partir da 2ª temporada passou a fazer parte da programação do extinto canal americano UPN. Veja a abertura:

Did it ring a bell?

Jovens Guerreiros Tatuados de Beverly Hills (Tattooed Teenage Alien Fighters From Beverly Hills)
Tattooed Teenage Alien Fighters From Beverly HillsQuatro jovens em pleno auge da adolescência, lutando contra tudo aquilo que vem com essa fase, tudo de complicado que a High School traz. E se não bastasse isso, eles ainda precisam lutar contra monstros e salvar o planeta Terra. Essa é a história de Laurie, Gordon, Drew e Swinton, estudantes que foram escolhidos por Nimbar, um alienígena, para combater as forças malignas do Imperador Gorganus. Estes jovens receberam o poder de se transformar em Sentinelas Galácticos: Scorpio, Taurus, Centaur e Apollo. Seus poderes eram ativados pela tatuagem que Nimbar os havia concedido, daí o nome do seriado.

Precisando lidar com uma vida paralela, os quatro heróis — que não são amigos, pelo contrário, se odeiam — também precisam lidar com o anonimato, já que não podem revelar a ninguém o seu segredo. Lançado em 03 de outubro de 1994, a USA Network apostou no formato, aproveitando a onda do sucesso dos seriados japoneses adaptados para o mercado norte americano que eram febre na época. No Brasil, o programa chegou em meados de 1995, através do SBT, que comprou os direitos de exibição numa tentativa de competir com a Rede Globo, que exibia o sucesso "Power Rangers". Com 40 episódios, "Jovens Guerreiros Tatuados de Beverly Hills" teve apenas uma temporada e foi encerrada em 03 de julho de 1995. Assista ao primeiro episódio pelo YouTube:


parte 2 | parte 3

E aí? Vai dizer que lembrou de todos?

Categorias: Clássicos, Desenhos, Listas
Marcadores:

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

  • Marcos

    infelizmente lembro de todos,
    toooooooooooooo velho pra caralho!!!! 

  • Escritorio Curitiba

    nao lembro de nada kk

  • lol

    só lembro do último, que por sinal eu adorava hehehe

  • THOR

    Lembram do desenho De Volta para o Futuro?

  • http://www.seriados.tv.br @mr_biglia

    Os Guerreiros Tatuados, vendo hoje em dia, é tão trash, mas na época era tão legal hahahaha

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

 

 

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciou em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Breaking Bad", "How I Met Your Mother", "The Good Wife", "Pretty Little Liars", "Scandal" e "The Big Bang Theory". No Twitter: @mr_biglia.