5 motivos para adorar o Gloob

Por , 19 de junho de 2012 @ 11:34      
 

Dia 15 de junho estreou no Brasil o canal infantil Gloob, conteúdo distribuído pela Globosat. A ideia é cativar um público mais seleto, na faixa dos 5 a 8 anos, buscando assim celebrar a infância, desde a logomarca. Disponível nas principais operadoras de TV por assinatura do Brasil, a nova emissora chegou para ficar.

Gloob

O conteúdo do canal prevê desenhos, seriados infantis, produções brasileiras e até clipes musicais. Porém, o que se destaca são os desenhos clássicos que o Gloob trouxe para preencher sua grade de programação. Para os saudosos de plantão, o canal veio para matar as saudades e, por isso, listo aqui cinco motivos para que os marmanjos de plantão possam adorar o novo canal:

"He-Man"
He-Man and The Masters of The UniverseQuem viveu a infância na década de 1980 sabe a importância que "He-Man" tem na sua vida, afinal, ele foi um ícone daquela época. Grande sucesso nos tempos do "Xou da Xuxa", ser He-Man era o sonho de qualquer moleque. Quem não queria ter uma espada para gritar "Eu tenho a força!"? O homem mais poderoso do universo carregou consigo uma legião de fãs e, devido ao seu imenso sucesso, o desenho gerou até um spin-off: "She-Ra", a irmã perdida de He-Man. E não parou por aí. O grupo infantil Trem da Alegria gravou uma música especialmente para os fãs do guerreiro. E, para o deleite dessa galera, o programa está de volta através do canal Gloob.

"She-Ra"
She-RaDepois do incrível sucesso que o desenho animado do personagem He-Man alcançou, foi criada "She-Ra", visando alcançar o público feminino. Com o mesmo estilo e boa animação, "She-Ra" era somente uma versão feminina do Príncipe Adam, mas acabou emplacando também. A animação trazia uma excelente jogada de marketing que a ajudou a atingir uma grande aceitação imediata: a personagem título do programa era irmã de He-Man. No canal Gloob, "She-Ra" chega para suprir a necessidade de um público alvo feminino entre a garotada e, claro, veio também ao encontro daqueles (e daquelas) que eram grandes fãs da Princesa do Poder, na mesma época em que "He-Man" atingiu seu sucesso.

"Popeye"
PopeyeO marinheiro é, entre todos os desenhos da emissora, o mais antigo, já que sua produção inicial data de 1933. Adaptado dos quadrinhos de E. C. Segar, "Popeye" marcou muitas gerações, e desde então vem sendo exibido por diversos canais, tendo passado pelo SBT, Globo, Cartoon Network, Boomerang e Tooncast. Se trata de um programa com certa carga moral, já que uma das intenções é fazer com que as crianças passem a comer verduras e legumes, afinal, é o espinafre que faz com que Popeye desenvolva uma super força para vencer Brutus, na eterna luta para saber quem conquista a mocinha da história, a Olívia Palito.

Os Smurfs"Os Smurfs"
Os Smurfs são um grupo de duendes azuis, realmente pequenos, cuja altura equivale a apenas três maçãs. Há muitos e muitos anos eles vivem no coração da floresta, na encantada Vila Escondida, morando em casas com formatos de cogumelo. E lá só entra quem for convidado. Essas pequenas criaturas têm aproximadamente 100 anos, sendo Papai Smurf o mais velho, com algo em torno de 550 anos. O desenho também é antigo, já que sua primeira aparição aconteceu em 1958, nos quadrinhos. No Brasil fez sucesso na década de 1980, gerando diversos produtos com a marca dos azulões. Posteriormente, em 2011, foi lançado um filme, que atingiu grande sucesso também nos cinemas.

"Chaplin"
ChaplinA novidade fica por conta de "Chaplin". Quem diria que Carlitos, um dia, viraria desenho? O cotidiano visto pelos olhos de Charlie Chaplin nunca poderia ser chato. Cada pequeno evento se transforma em uma cena engraçada. Sua falta de jeito e ingenuidade certamente não ajudam quando se tem de lidar com um chefe estressado, uma vizinhança que acha que sua casa é local para jogar o lixo e policiais que não saem da sua cola. Os episódios são produções inéditas, com duração curta e, claro, são todos mudos, seguindo o padrão dos filmes. O desenho tem a intenção de atingir os pais, mas também procura trazer o personagem ao conhecimento dos pequenos através de uma forma lúdica. Essa é a primeira vez que Chaplin vira animação. Veja um episódio:

Através do site da emissora, do Facebook e Twitter oficiais, é possível acompanhar as novidades e consultar a programação. A ideia do canal é expandir a programação, sempre voltada para o público infantil e é claro que nós, nostálgicos de plantão, esperamos ser representados pelos cartoons que marcaram nossa geração.

O "Reclame", programa do Multishow, realizou uma reportagem exclusiva sobre a fundação do canal Gloob. Assista às entrevistas e confira os bastidores da criação da emissora:

Assunto(s): Clássicos, Desenhos, Listas, Programação
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!