“The Simpsons” é acusado de homofobia por ONG americana  
Por , 11 de novembro de 2008 @ 15:38            

Nelson Muntz | The SimpsonsA Gay, Lesbian and Straight Education Network (GLSEN), organização não governamental norte americana com sedes em Nova York e Washington, está processando o canal de televisão Fox por divulgar mensagens homofóbicas no seriado “The Simpsons”.

“The Simpsons” é um dos mais antigos programas ainda em exibição na história da TV e, em geral, bastante aberto para temas relacionados à diversidade sexual, tendo até apresentado um episódio no qual o casamento entre pessoas o mesmo sexo foi legalizado na cidade de Springfield, onde acontecem as histórias do seriado.

A GLSEN, no entanto, alega que no dia 31 de outubro, em um especial para o Halloween, a palavra “gay” foi utilizada em “The Simpsons” para significar “mau” ou “lixo”. No episódio, o personagem Nelson Muntz, em cena na escola onde estuda, justifica uma agressão a seu colega Milhouse Van Houten alegando que “é muito gay”.

Para a ONG, “o uso negativo que Nelson fez da expressão ‘é muito gay’ não é uma surpresa, considerando que 90% dos jovens LGBT dizem que ouvem essa frase usada dessa mesma maneira com freqüência na escola”. A GLSEN pede aos produtores que não mais utilizem diálogos com esse teor e que Nelson, em uma aparição futura, peça desculpas a Milhouse e explique por que agiu errado.

Colaboração: Universo Mix.

LEIA TAMBÉM:
Assunto(s): LGBT
Seriado(s) relacionado(s):

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

2 comentários em ““The Simpsons” é acusado de homofobia por ONG americana”

Deixe uma resposta

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.