“The Simpsons” é acusado de homofobia por ONG americana

Por , 11 de novembro de 2008 @ 15:38      

Nelson Muntz | The SimpsonsA Gay, Lesbian and Straight Education Network (GLSEN), organização não governamental norte americana com sedes em Nova York e Washington, está processando o canal de televisão Fox por divulgar mensagens homofóbicas no seriado “The Simpsons”.

“The Simpsons” é um dos mais antigos programas ainda em exibição na história da TV e, em geral, bastante aberto para temas relacionados à diversidade sexual, tendo até apresentado um episódio no qual o casamento entre pessoas o mesmo sexo foi legalizado na cidade de Springfield, onde acontecem as histórias do seriado.

A GLSEN, no entanto, alega que no dia 31 de outubro, em um especial para o Halloween, a palavra “gay” foi utilizada em "The Simpsons" para significar “mau” ou “lixo”. No episódio, o personagem Nelson Muntz, em cena na escola onde estuda, justifica uma agressão a seu colega Milhouse Van Houten alegando que “é muito gay”.

Para a ONG, “o uso negativo que Nelson fez da expressão ‘é muito gay’ não é uma surpresa, considerando que 90% dos jovens LGBT dizem que ouvem essa frase usada dessa mesma maneira com freqüência na escola”. A GLSEN pede aos produtores que não mais utilizem diálogos com esse teor e que Nelson, em uma aparição futura, peça desculpas a Milhouse e explique por que agiu errado.

Colaboração: Universo Mix.

Assunto(s): LGBT
Seriado(s) relacionado(s):

 

Receba nossas publicações por e-mail:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO (VIA FACEBOOK)

COMENTÁRIOS VIA SITE:
  1. Antonio disse:

    Simpsons infelizmente tem perdido a piada ao longo do tempo e apenas buscado humor de forma pejorativa.

  2. […] legaliza o casamento gay para tirar a cidade da crise. E em novembro de 2008, a série foi acusada de homofobia por, em um episódio, associar a palavra “gay” com “mau” ou “lixo”. No Brasil, o canal […]

Não tem Facebook? Use o formulário abaixo:
Quer ter sua foto ao lado do comentário? Cadastre-se no Gravatar!

ATENÇÃO:
Toda e qualquer mensagem publicada através do sistema de comentários não reflete a opinião deste site ou de seus autores. As opiniões enviadas através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos visitantes que dele fizerem uso.

Sobre Pablo Biglia

Paranaense de coração, idolatra os seriados desde 1995, quando seu guilty pleasure era "Power Rangers". Viciado sempre em "Friends" e "Seinfeld". Hoje é fã fiel de "Orphan Black", "Scorpion", "Scandal", "The Big Bang Theory", "How To Get Away With Murder", "RuPaul's Drag Race" e Project Runway. No Twitter: @mr_biglia. Foi contra o golpe de 2016!